Corrida às bancas

goleiro-bruno-revista-placar-abril-2014

Já se foi o tempo em que havia uma corrida às bancas em busca de um jornal com uma boa manchete, em busca de uma revista bacana. Hoje, o que vejo são bancas jururus, onde muita gente vai pra pedir uma informação, carregar o celular ou comprar chicletes. Em São Paulo, ainda existem super bancas, aquelas vistosas e apetitosas. Mas são poucas. Eu, rato de banca, não vejo mais ninguém afoito chegando em busca de algo interessante. Ah sim, crianças chegam afoitas querendo saber se chegaram os pacotinhos de figurinhas da Copa. Foi numa dessas idas à banca que achei, lá no fundo, meio escondida, a revista “Placar” de abril, com uma entrevista exclusiva com o jogador Bruno, preso pelo assassinado de Eliza Samudio. Por que será que as revistas hoje em dia não andam causando?

[foto: Reprodução]

Hoje

Captura de Tela 2014-04-16 às 20.01.30

Começamos o 17 de abril lembrando que foi hoje: 1. A Apollo XIII voltou à Terra com os seus tripulantes sãos e salvos, depois de um fracasso, pois eles não conseguiram pousar na Lua (1970). 2. Cubanos exilados, partidários de Fulgêncio Batista, com a ajuda dos Estados Unidos, fracassaram na tentativa de invadir a Ilha de Cuba através da Baía dos Porcos (1961). 3. Dezenove sem-terra foram assassinados pela polícia no sul do Pará, um triste episódio conhecido como Massacre de Eldorado dos Carajás (1996).

Captura de Tela 2014-04-16 às 20.00.06

Eldorado_dos_Carajas_massacre_by_Latuff2

[ilustrações: Reprodução Internet]

Livros Proibidos

Captura de Tela 2014-04-15 às 22.49.14

Espetacular a idéia do jornal português “Público” em lançar uma coleção chamada “Livros Proibidos”. A coleção vai reunir, numa caprichosa edição em fac-símile, livros que, por um motivo ou outro, um dia foram proibidos em Portugal. O primeiro da coleção é “Gaibéus”, romance de Alves Redol, de 1939, uma obra que marca a introdução do neorrealismo no país. O livro foi proibido, na época, por ter passagens consideradas pornográficas.

[foto: Reprodução] 

Bola Murcha

Captura de Tela 2014-04-16 às 11.32.15

Ao acabar de ler a reportagem publicada hoje na “Folha de S.Paulo” sobre o contrato que o jogador Neymar tem com as cuecas Lupo, chegamos a três conclusões: 1. A que ponto chegou o capitalismo. 2. A que ponto chegou o futebol. 3. A que ponto chegou Neymar. Só falta agora o jogo ser interrompido a cada 15 minutos para que os jogadores possam fazer merchan. Não duvido que, na hora do gol, o Neymar tire um celular do bolso e ligue para alguém, para satisfazer a operadora da qual ele é garoto propaganda.

[foto: Dani Pozo/AFP/Reprodução Folha de S.Paulo] 

Olha o Trem!

Captura de Tela 2014-04-15 às 22.11.18

Começando da esquerda pra direita, andorinhas e flores desenhadas por Garouste e Bonetti. No cantinho de cá, desenho assinado por Christian Lacroix. Esses são os trens que ligam Paris a Montpellier, na França. Coisa fina.

[foto: Béji Productions]

+ clique na foto para ver melhor +

 

Prato do Dia

Captura de Tela 2014-04-12 às 22.35.59

Nesses tempos de fome, principalmente na África, sugiro a todos este vídeo espetacular, que vai fazer todo mundo pensar um pouquinho antes de encher o prato e depois jogar 20 por cento no lixo. É maravilhoso. Veja.

 

Leitura recomendada

Captura de Tela 2014-04-14 às 22.31.26Captura de Tela 2014-04-15 às 09.07.57

Superbacana a reportagem assinada por Edgardo Martolio, na “Rolling Stone” brasileira de abril. Ele conta a história do jogador da seleção do Haiti, Ernst Jean-Joseph, preso e torturado pela ditadura dos Doc, simplesmente porque não passou no exame anti-dopping em 1974, único ano em que o Haiti participou de uma Copa.

[fotos: Reprodução]

 

Perigo!

Captura de Tela 2014-04-14 às 12.58.36

Numa fazenda em Taragi, no Japão, funcionários protegidos dos pés à cabeça se preparam para entrar em um compartimento de abate de frangos, para eliminar aqueles que podem estar contaminados com o H5. A gripe aviária volta a ser um temor na Ásia e na Europa. Por enquanto.

[foto: Kyodo/Reuters]

+ clique na foto para ver melhor +

Muda Brasil!

Captura de Tela 2014-04-13 às 09.43.20

Agora é oficial. O Colégio Garrastazu Médici, na Bahia, chama-se Colégio Marighella. Agora falta mudar o nome da ponte que liga o Rio a Niterói, do Minhocão em São Paulo e de uma das mais movimentadas rodovias do país. Veja.

ponte-rio-niteroi-8

Ponte Presidente Costa e Silva

PAULOLIEBERT_14_10_2009_600

Elevado Presidente Costa e Silva

castelo-branco

Rodovia Castelo Branco

Roda Gigante

Captura de Tela 2014-04-12 às 18.00.06

Impressionante. Quanto mais a gente consulta arquivos, mais a gente chega à conclusão de que notícia vem e vai, vem e vai. Esta revista “Veja” com a inflação na capa, por exemplo, estava chegando às bancas em abril de 1974, quer dizer, há 40 anos. Será que em 2054 estaremos falando de aumento dos preços?

[foto: Reprodução]