A última notícia

Captura de Tela 2014-07-31 às 07.01.20

A Itália hoje amanheceu mais triste. Saiu a última edição do jornal “L’Unità”, fundado em 1924 pelo filósofo marxista Antonio Gramsci. Afundado em dívidas que somam mais de 30 milhões de dólares e diante de um cenário que está mais pro virtual que para o papel, o “L’Unità” entregou os pontos. O jornal, que até 1991 pertenceu ao Partido Comunista Italiano, continuava sendo uma voz da esquerda italiana. Que agora se cala. Nós que já vimos morrer o Jornal do Brasil, o Correio da Manhã, a Última Hora, sabemos bem o que é ver um jornal morrer. Taí uma notícia triste.

Captura de Tela 2014-07-30 às 11.26.29     Captura de Tela 2014-07-30 às 23.16.12

[fotos Reprodução]

 

Um comentário em “A última notícia

  1. Com um nó na garganta e lágrimas nos olhos, saúdo meus amigos e mais Gramsci, Palmiro Togilatti, Italo Calvino e os cineastas da minha juventude. Quando em Roma e outras cidades italianas que amo, sentei-me com alguns deles e meu então marido – um milanês filho de venezianos e militantes do PCI – em cafés onde líamos nosso jornal, e ríamos, e discutíamos, E que saudade e que PENA. Riccardo Felicioli – presente! A morte de vocês dois – o homem e o jornal – me deixa com um pedaço a menos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s