VOCÊ CHEGOU AO SEU DESTINO!

Alguém ainda se lembra do telefone de todas as tias, dos tios, dos primos, dos avós ou dos vizinhos? Na minha casa era assim. Minha mãe, por exemplo, sabia o telefone de todo mundo. Parecia até que o Catálogo Telefônico era o seu livro de cabeceira.

– Mãe, qual é o telefone de tia Lili?

– 2-4036

Sim, os números eram mais curtos mas, mesmo assim, eu ficava impressionado como ela sabia de cor, como ela tinha na cabeça o telefone de todos os parentes e também do açougue, do armazém, da farmácia, do Colégio Marista e do Colégio Sion.

Hoje, todos nós ficamos preguiçosos. O dia em que roubaram o meu smartphone no restaurante do SBT, só fui contar o ocorrido em casa porque não sabia o telefone de ninguém, da mulher, dos filhos, nem mesmo o fixo que fica no meu escritório.

Mas lembrar número de telefone não é nada. Ficamos preguiçosos pra tudo. Pra subir escada, pra rodar a manivela do vidro do carro, pra levantar e mudar o canal da TV. Até mesmo pra fazer arroz a gente ficou preguiçoso porque aquele de saquinho é muito mais prático.

Ficamos preguiçosos pra ir de um lugar pra outro sem usar o Waze. Já reparou que não se vê mais ninguém abrindo o vidro do carro e perguntando pro pedestre:

– Por favor, onde fica a rua Apinagés?

Para você ir do início da Avenida Paulista até o final dela, é só seguir reto mas você coloca no Waze. E o pior é que às vezes ao invés dele dizer “siga em frente toda vida”, como um bom mineiro, ele informa:

– A 100 metros, vire à esquerda

Foi o que aconteceu comigo dentro de um Cabify e o motorista argumentou que era pra evitar o trânsito. Passamos por Pinheiros, pela Vila Madalena, por Perdizes pra ir do início ao fim da Avenida Paulista. Desconfio que o Waze deve ter uma parceria com os postos de gasolina.

Já se foi o tempo em que as pessoas ficavam explicando coisas do tipo: “Chegando na altura da ponte do Piqueri, você pega a primeira à direita e quando chegar num Posto Shell, vire a esquerda e siga”.

Quantas e quantas vezes não expliquei pro motorista do táxi que a rua onde moro é paralela à rua Clélia e o meu prédio fica em frente ao Hospital Sorocabana? Ninguém quer mais saber esses detalhes e vão logo falando:

– Pode deixar, vou colocar no Waze.

E assim o aplicativo vai mandando você virar à direita, à esquerda, a seguir dois quilômetros, manter à direita e entrar na esquerda.

Não existe mais também aquilo de você entrar num táxi, dizer o nome da rua, o motorista abrir o porta-luvas, pegar um volumoso Guia da Cidade e começar a procurar a rua onde você quer ir. Agora ele simplesmente liga o aplicativo e só desliga quando ouve aquela voz: “Você chegou ao seu destino”.

Eu me divirto muito é com a minha sogra, que liga o Waze e passa o tempo todo brigando com ele e desobedecendo suas ordens.

– Como virar à direita? É só seguir em frente!

O aplicativo vai pirando a cada esquina mas a minha sogra sempre acaba chegando ao seu destino. Como, não sei.

O meu pai ficava muito nervoso quando errava o caminho. Uma vez subimos a BR-3 indo pro Rio e ele foi parar no Morro do Papagaio. Eu, pelo contrário, me divertia porque adorava me sentir perdido e conhecer novos lugares. Até hoje eu me lembro bem daquela vista linda da alvorada lá no morro.

Eu nunca dirigi um automóvel, nunca conversei com o Waze, numa me irritei ou discordei dele, mas confesso que tenho vontade de digitar Rue de la Roquette número 79 Paris, só pra ver o que acontece. Tenho certeza que quando chegar ao aeroporto de Cumbica, vou ouvir aquela vozinha: “Você chegou ao seu destino”.

[Crônica da semana publicada no site da revista Carta Capital]

cartacapital.com.br

Um comentário em “VOCÊ CHEGOU AO SEU DESTINO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s