HISTORINHA DE DOMINGO

Quando eu me mudei pra Paris, no início dos anos 1970, fiquei espantado ao entrar nas boulageries e ficar sabendo que o nosso famoso pão francês, aquele pequenininho, não existe na França. No país da baguete, do pain aux raisin, do croissant au beurre e do chausson aux pommes, não adianta entrar numa padaria e pedir un petit pain français. Quando surgiu o iogurte grego no Brasil, não faz muito tempo, eu logo perguntei aos meus botões: Será que existe iogurte grego na Grécia? Claro que eu sabia que existia. Basta provar no Brasil um tzazik – uma comida grega deliciosa – pra saber que o iogurte grego existe. O dia em que resolvi experimentar o tal iogurte grego aqui em Vryses, acabei comendo de joelhos. É uma das coisas mais gostosas do mundo e o mais curioso é que apenas lembra vagamente os que são vendidos no Brasil. A consistência, o sabor, a embalagem, tudo é diferente. Com a explosão das vendas ai, o iogurte grego made in Brazil começou a inventar moda. Hoje temos até de frutas tipicamente brasileiras. O que experimentei aqui foi um iogurte grego comprado num supermercado. Fico imaginando como deve ser aquele feito artesanalmente pelos moradores de Vryses. Ainda vou experimentar e depois conto pra vocês.

[foto Alberto Villas]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s