UMA AULA DE JORNALISMO PARCIAL

No final de semana que acabou de passar, o jornalismo brasileiro deu uma aula sobre o que é ser parcial. Nas redes sociais, o Festival Lula Livre vinha sendo anunciado há dias. Um festival em solidariedade ao único preso político do país, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, sem provas concretas, há mais de cem dias. Com a participação, entre dezenas de músicos, de dois dos mais importantes compositores da nossa MPB, Chico Buarque e Gilberto Gil, o festival prometia. Se você procurasse nos nossos jornais impressos ou em nossos telejornais, nenhum sinal de vida do Festival Lula Livre. Percebe-se claramente que a ordem vinda de cima era: Não vamos noticiar! E os discípulos da direção obedeceram, claro, com risco de perderem os seus empregos, quem desobedecesse. O Festival Lula Livre foi um sucesso transmitido ao vivo por diversas frentes das redes sociais, com a participação de milhares de brasileiros, mas quem ligasse a TV, ficaria desinformado sobre o que se passava ali nos arcos da Lapa, na cidade outrora maravilhosa. O Jornal Nacional deu exatos 40 segundos de uma nota coberta, seguramente para evitar críticas pesadas nas redes sociais. Com aquela informação pingada, tinha como argumentar: Demos sim! O ponto alto do festival, foi Gil e Chico cantando “Cálice”, ou melhor “Cale-se”, composição da dupla, proibida e depois liberada nos anos 1970 pela ditadura militar. A música, símbolo da resistência à ditadura militar, soou como um triste retrocesso, quase cinquenta anos depois. A censura de imprensa não existe mais, mas a censura dos diretores de jornais e redes de televisão, está em pleno vigor. Nosso jornalismo perdeu o bonde da história, e continua caminhando a passos largos para o abismo.

[foto Reprodução Facebook]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s