DOIS PESOS, UMA MEDIDA

Folha de S.Paulo, sexta, 7 de setembro

Folha de S.Paulo, sábado, 8 de setembro

Folha de S.Paulo, domingo, 9 de setembro

O jornal Folha de S.Paulo, nos últimos três dias, dedicou uma foto com a imagem do candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro, em sua primeira página. Até ai, tudo bem. Cada jornal escolhe a foto que acha mais importante do dia para colocar na sua vitrine. Mas, observando acima, percebemos o seguinte: No primeiro dia, 7 de setembro, o jornal estampa, com grande destaque, uma sequência de fotos do momento em que o direitista estava sendo esfaqueado em Juiz de Fora.   No segundo dia, 8 de setembro, com destaque igual, a foto de um boneco inflável, cuja legenda dizia “apoiadores…” (no plural), sendo que a imagem mostrava apenas um homem singular, segurando uma bandeira nacional. No terceiro dia, ontem, 9 de setembro, uma fotografia da maior importância mostrando um candidato numa cadeira de hospital, convalescendo de um ataque violento, fazendo, com as mãos, o sinal característico de uma arma, da mais mais extrema violência. Apesar do choque da imagem, a Folha preferiu dar apenas um pequeno destaque, publicando a foto quase como se fosse um 3X4.

[fotos Reprodução]

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s