Lua de Mel

Não é preciso dizer, todos já perceberam a lua de mel da imprensa brasileira com o presidente eleito da extrema direita. A figura – abominável – está sendo tratada pelos jornalões como um político competente e da maior seriedade. Para quem lê jornal todos os dias, existem dois Brasis atualmente. Um, aqui dentro, e outro, lá fora. Enquanto todos lá foram continuam chamando o eleito de um político de extrema-direita, cá dentro, a história é outra. O convite aceito pelo juiz de Curitiba para ser ministro da Justiça caiu como uma bomba lá fora, enquanto, aqui dentro, caiu como uma pétala de rosa. Estou falando de jornais estrangeiros sérios, com credibilidade. Estou falando do New York Times, do Le Monde, do La Repubblica, da revista britânica The Economist. Os jornais estrangeiros são unânimes em dizer que o juiz da camisa preta recebeu uma recompensa por ter tirado o favorito da corrida eleitoral, e não um cargo. Para os jornais estrangeiros, ficou claro que Lula é sim um preso político. A manchete do Financial Times é a mais correta e é a que deveríamos encontrar nos nossos jornais, amanhã cedo, mas certamente não será essa: “Jair Bolsonaro promete emprego a juiz que prendeu seu rival”. Abrindo uma exceção para a revista Carta Capital, que chegou hoje cedo às bancas.

 

[fotos Reprodução]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s