SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA

Os argentinos são ótimos de contar histórias no cinema. Na literatura, nem se fala. Um bom exemplo é A Uruguaia, de Pedro Mairal. História de amor, de questionamento, de procura, de viagem, tudo em um dia. Mairal se revela como um bom contador de história, com uma literatura simples e cativante. Desses livros que quando a gente pega… Editado no Brasil pela Todavia, já nas poucas boas casas do ramo.

[foto Reprodução]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s