A GALINHA AZUL

Fiquei chocada com as palavras da ministra da Tradição Família e Propriedade, que veio com essa história de que menino veste azul e menina, rosa. Sou galinha, feminina, que bota ovos ao me apertar e nunca fui galo. Meu nome é Galinha Azul da Maggi (não tenho nada a ver com aquele ex-ministro da Agricultura, viu?) e sempre vesti azul, desde que o Simonal também vestiu azul e sua sorte então mudou. Será que ela acha que o Guimarães Rosa era um escritor para meninas? Só voa pela Azul quem é macho? E a Mangueira, a verde e rosa, é bi? Que papo é esse, ministra? Será que a senhora acha que só mulher pode se orientar pela Rosa dos Ventos? Será que a goiaba daquele pé que a senhora  viu Jesus é feminina, só porque é vermelha, meio rosa? Juro que quando eu me encontrar com a senhora,  Dalmares, vou encará-la e perguntar: E ai, tudo azul?

[AV]

Um comentário em “A GALINHA AZUL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s