MINHA TERRA

Voltar a terra onde nasci e vivi meus primeiros 22 anos. Devia vir mais aqui, mas venho pouco. Oito horas de estrada nos separam há muitos anos. Tenho noticias quase todos os dias no grupo dos irmãos, mas notícias frescas só quando venho aqui. Depois de muita estrada e as montanhas em volta, cheguei aqui. De noite, já escuro. Vi pouco da cidade, suas luzes, seus pequenos engarrafamentos, seus táxis brancos com a inscrição na porta: BH Cidade Surpreendente. Hoje vou sair, rever meus cantos, o bairro do Carmo, a Savassi, a Praça da Liberdade, o CCBB, o Palácio das Artes, o Mercado Central. São coisas que mexem com o meu coração, minha memória, tão cantada nas crônicas semanais que escrevo pra Carta Capital. O que vou ver hoje? Amanhã eu conto.

Um comentário em “MINHA TERRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s