RABO PRESO

Está no ar no Congresso, na Câmara dos Deputados, na Praça dos Três Poderes, nas salas dos chefões das grandes empresas comerciais de comunicação, está por todo lado em Brasília, Rio e São Paulo, um clima de terror e medo. Quem conversou pelo telefone com o ministro da Justiça, Sergio Moro, de 2015 pra cá, não tem dormido direito, tentando relembrar alguma conversa, algum assunto picante, algum acerto. É uma aflição que o goleiro sente na hora do pênalti, daquele estudante que abandonou a vida, passou um ano estudando e agora espera o resultado do vestibular. O poder em Brasília está pegando fogo, fervendo. O mesmo acontece nas redações no Rio e em São Paulo. Quem está com o rabo preso, não está tentando se desvencilhar, está esperando apenas a hora da bomba estourar.

AV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s