A HORA DO ESPANTO

Amigos meus estão assustadíssimos nos últimos tempos. Que amigos? Aqueles que não suportavam ouvir a voz de um Marco Antônio Villa, o comentário blasé de Miriam Leitão, a voz pastosa de um Gerson Camarotti, o olhar antipático de uma Vera Magalhães, a empáfia de Reinado Azevedo, a obsessão de um Augusto Nunes. Aqueles que pulavam a página 2 de O Globo pra não ver a carinha de um Merval Pereira estampada ali, em meio a tantos comentários reacionários. Nem mesmo a beleza de uma Andrea Sadi, meus amigos queriam passar os olhos. Nem aquele off cantado de Delis Ortiz eles suportavam mais. Alguns comentaristas continuam fiéis ao seu pensamento retrógado e vão com eles pro túmulo, da vida ou do Jornalismo. Outros mudaram e é por isso que os meus amigos estão assustadíssimos. Um dia, um desses amigos, o mais falante, perguntou: “O que está acontecendo? Estou achando o Villa enfático e o Reinaldo simpático”. E mesmo amigo arrematou: “É espantoso! Sabe que estou achando até mesmo que o Mourão seria melhor do que esse jumento…”

AV

3 comentários em “A HORA DO ESPANTO

  1. esse merval fazer parte dos imortais é o escárnio da academia de letras… definitivamente todas as instituições brasileiras não passam de uma péssima anedota com o supremo pgr e tudo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s