SILÊNCIO

Houve um tempo em que, nos bastidores do Jornal Nacional, as pessoas comentavam: Se não deu no JN é porque não foi notícia. Era um tempo em que a televisão reinava quase que absoluta, com o rádio em decadência. Não havia muitos meios de comunicação, era fácil esconder uma notícia. E o Jornal Nacional escondia. Hoje, a história é outra. Ontem, no final da tarde, o site The Intercept divulgou o primeiro áudio do pacote de vazamentos que ela vem soltando. O promotor Deltan Dallagnol, comemorava a decisão do juiz Luiz Fux – aquele do “In Fux we trust”, de não autorizar o preso político Luiz Inácio Lula da Silva, a conceder uma entrevista à jornalista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo. A Rede Globo ignorou a notícia, acreditando que se ela não desse, ninguém ficaria sabendo. Nem mesmo o canal 24 horas de notícias dos Marinho deu, seguramente por ordem superior. Mas, em poucos minutos, ela se espalhou pelas redes sociais, pelos blogs alternativos, boca a boca. A expressão de alívio dos apresentadores na hora do “boa noite” era visível, tipo “ufa, nos livramos dessa notícia”. Deveria ser o contrário.

AV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s