UMA FOTOGRAFIA

Pombos existem em todos os lugares, em todos os cantos do mundo. Parecidos, quase iguais. Vira-latas, circulam pelas calçadas, avenidas, parques. Equilibram-se em fios, meio-fios, telhados inclinados. Pombos, pombas, filhotes. Uns mais mansos, outros menos. Uns ariscos, uns amuados, quase doentes. Comem de tudo um pouco, ciscam, engolem, engasgam. Gosto de fotografar pombos. Este, por exemplo, onde estava? Isso não é quiz, este estava num parque em Montevidéu, a capital do Uruguai. 

[foto Alberto Villas]

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s