PERSPECTIVA

Todo final de ano ela faz tudo sempre igual. Já devem ter percebido a enxurrada de reportagens sobre o trabalho temporário, não é mesmo? O discurso é sempre o mesmo: “Nessa época do ano aumenta o número de empregos, os chamados trabalhos temporários”. Surge na tela um jovem arrumando coisas nas prateleiras e um off dizendo o que está escrito aqui um pouco acima. Aparece o personagem, sempre esperançoso em se efetivar e o fechamento é com aquele que começou como temporário no ano passado e hoje trabalha com carteira assinada. Final de ano é um festival de pautas déjà vu. Teremos a fábrica de panetone e ficaremos sabendo quanto a mais de panetones serão vendidos nessa época de Natal. Teremos reportagens sobre aqueles precavidos, que pra evitar confusão, já estão fazendo suas compras. Uma reportagem sobre a loucura da Rua 25 de Março, em São Paulo, aquele bom velhinho que ganha um extra como Papai-Noel de shopping, dicas de como gastar ou economizar a segunda parcela do décimo-terceiro (com dicas para, primeiramente, pagar as dívidas e depois, guardar um pouco para imprevistos). Teremos uma reportagem sobre aqueles que passam a noite de Natal trabalhando, o movimento nas estradas, aquele que está comprando um presentinho mais simples esse ano porque a vida está apertada, teremos o Show da Virada, a Retrospectiva 2018, uma turma de branco cantando “hoje é um novo tempo/de um novo dia”. Ops, estou estranhando que ainda não anunciaram o show de Roberto Carlos. Será que a ausência do rei nessa época do ano, será a grande novidade na televisão? 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s