TV JUSTIÇA

Nos últimos anos, passar algum tempo diante da tela da GloboNews tem sido sonolento e entediante. O canal por assinatura da Globo opta por fazer transmissões ao vivo de votações que, muitas vezes, ocupam toda a parte da manhã, tem um intervalo para o almoço, e segue por toda a tarde. Chato, chato, chato. Os juizes e promotores, promovidos a stars, aproveitam o tempo para ficar ali no ar por uma, duas, às vezes três horas. A transmissão ao vivo vai engolindo telejornais e programas, uns atrás dos outros. Ficamos com a impressão de que quem assiste, são aqueles aposentados de pijama, deitados no sofá e que, de tempos em tempos, tiram uma boa soneca. Quando acordam, horas depois, o juiz ainda continua falando. Porque, quem interessa mesmo, certamente está conectado na TV Justiça, no original. Como se não bastasse, depois daquele lenga lenga infindável, quando tudo termina, o que vem? Os comentaristas da GloboNews tentando explicar o que eles disseram. Isso quando não levam um especialista. Ontem, era tanta votação que a GloboNews dividiu a tela em dois, mostrando Porto Alegre e Brasilia simultaneamente e ao vivo. Com certeza, isso é ordem superior. Só pode ser, Nenhum editor de programação teria essa ideia transformar o canal em um grande tribunal. 

[foto Reprodução GloboNews]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s