CARREIRA SOLO

Quando a Editora Abril lançou a Veja São Paulo (logo apelidada de Vejinha) revista Veja estava em muito boa forma. Na verdade, no Brasil, a ideia original de ter uma revista da cidade vendida junto com a nave mãe, é da Isto É, que lançou antes da Veja São Paulo, a Isto É Sampa, de curta duração. A Vejinha foi crescendo, crescendo e, de repente, ficou maior do que a revista principal. O sucesso foi tanto que foram surgindo outros filhotes: Veja Rio, Veja Brasilia, Veja BH, Veja Nordeste, Veja Litoral. Muitas vezes a direção pensou em uma carreira solo pra Vejinha, mas preocupada em desfalcar a principal, espantando assinantes e leitores de banca, a ideia foi esquecida. Com a crise da imprensa escrita, de papel, sobrou apenas a Veja São Paulo, hoje magrinha, bem menor que a Veja. As outras foram desaparecendo uma a uma. A partir dessa semana, os novos donos da Vejona resolveram fazer uma experiência. A Vejinha, que continua no pacote da Vejona, agora pode ser vendida separadamente, ao preço de 9.90 reais. Não é fácil entender o que passa na cabeça da direção. O objetivo é vender a revista da cidade para aqueles que não suportam mais a Vejona? Uma experiência que, na verdade, eles não têm nada a perder. Se vender bem, se não vender amém. Aguardemos as próximas semanas.

[foto Reprodução]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s