VEJA ESSA!

Redatores às vezes estão presos às normas da casa e não arredam o pé delas. No site da revista Veja na noite de quinta-feira (16), o redator cravou “Entretenimento” no alto da página para situar a morte do cantor e compositor Luiz Vieira. Não seria melhor a morte de um músico receber um chapéu (jargão jornalístico) do tipo: “Despedida” ou “1928/2020”, por exemplo? Mas não, se o assunto é cantor, a ordem é colocar “Entretenimento”. Ficou feio. Outra coisa muito comum nos sites são as informações estapafúrdias sobre datas. Veja bem: O texto foi escrito no dia 16 de janeiro e ficamos sabendo que Luiz Vieira estava hospitalizado “desde quarta-feira, dia 15 de janeiro”. Ora, 15 de janeiro para quem estava no dia 16, foi ontem, não é mesmo? O correto não seria “estava hospitalizado desde ontem”, meu caro redator? 

[Montagem da notícia/VILLASNEWS]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s