GOL DE PLACAR

Lançada poucos meses antes da inesquecível Copa do Mundo no México, em 1970, a revista Placar, editada pela Abril, fez muito sucesso rapidamente. Semanal, ágil e com uma equipe de primeira, Placar chegava às bancas na terça-feira cedo, sempre cheia de novidades. Cobria basicamente o futebol, mas não apenas o jogo e o resultado final. Fez denúncias sérias como a máfia da loteria, que acabou provocando um auê no país do futebol. Placar era simples e objetiva e veio cobrir uma lacuna nas bancas de revistas, que tinha apenas a Gazeta Esportiva em São Paulo e o Jornal dos Sports no Rio. E muito outrora, a Revista do Esporte, companheira da Revista do Rádio. O leitor-torcedor agora tinha nas mãos uma revista de primeira qualidade feita com empolgação de uma galera. Estou falando de uma área do campo de futebol, onde os ingressos custavam mais barato. A Copa passou, o tempo passou e a Placar lutando para sobreviver. Entrou em depressão, passou por várias tentativas de sobrevida, mudou formato, papel e linha editorial, mas nunca conseguiu voltar a ser o que era. Está chegando às bancas, um número especial comemorando os seus 50 anos, para colecionador. Vale a pena ver de novo o que foi a Placar no mundo do jornalismo esportivo e recordar seus bons momentos. Lendo o artigo do jornalista Carlos Maranhão mostrando como funcionava a redação você vai entender. 

[foto Reprodução]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s