2 comentários em “AROEIRA

  1. Villas, leitor cotidiano da tua coluna, faço um alerta. Tendo claro que você apenas reproduz trabalhos de outros profissionais – charges, imagens, etc. -, que, portanto, não podem ser alterados, sugiro que, por melhores que sejam, não publique com erro de informação. Estou me referindo ao texto da charge do Aroeira, na qual ele diz: “… do Oiapoque ao Chuí.”. O ponto extremo Norte do Brasil não é mais, há muito tempo, o Oiapoque, mas o Monte Caburaí, em Roraima.
    Abraço

    1. Caro Edson, primeiramente obrigado pela leitura. Por mais que muito saibam que os extremos do Brasil não são mais o Oiapoque e o Chuí, virou uma expressão, você não acha? Não considero um erro porque ele não salientou que são os dois extremos do Brasil. Coisas acontecem no Brasil de uma ponta a outra, como do Leme ao Pontal, por exemplo. Grande abraço.

Deixe uma resposta para Edson Chaves Filho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s