A LUTA CONTINUA

O Primeiro de Maio na França não é um feriado como os outros. No Dia do Trabalho, os operários de todos os cantos saem às ruas para fazer suas reivindicações, lembrar suas lutas, seus heróis, sua batalha sem fim. Mas este ano não vai ser igual aquele que passou. O Primeiro de Maio confinado é assunto de capa do jornal Libération desta quinta-feira.

(foto Reprodução]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s