NA RODA VIVA

Sempre ouvi falar, mas nunca tinha ouvido a voz do empresário e influenciador digital Felipe Neto. Lembro-me de já ter visto nas vitrines das livrarias alguns de seus livros, todos eles com capas com cores berrantes. Imaginava ser ele apenas um desses adolescentes que criam fama e ganham muito dinheiro no Youtube. Era. Dez anos depois, vim a conhecer Felipe Neto no centro da Roda Viva, o programa de entrevistas mais longevos da televisão brasileira. A bancada pra entrevista-lo era diferente daquelas caras conhecidas do Estadão, da Folha, do Valor, do Globo. Felipe Neto trouxe um ar novo para o programa e deu um show. Começou dizendo que a queda de Dilma foi um golpe, pediu desculpas por seus erros, por ter trabalhado pelo impeachment da presidente. Criticou a meritocracia, disse que não existe salvador da Pátria, e que o Brasil vive o pior momento da sua história, com um pé no fascismo, na censura, em tudo que há de ruim. Felipe foi aquele que comprou toda a edição da história em quadrinhos proibida pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivela, e distribuiu de graça na Bienal do Livro no ano passado., Até mesmo a âncora do programa – Vera Magalhães – se curvou a ele, logo ela, antipetista roxa e que contribuiu – e muito – para o impeachment de Dilma. 

[foto Reprodução/TV Cultura]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s