OS BICHOS

Ouvi dizer que os gatos estão chateados, estressados com os donos dentro de casa vinte e quatro horas. Não gostam disso, consideram que a casa é deles e precisam de momentos de solidão e soneca. Além de uma boa investigação pelos cantos da casa, sem o olhar atento e desconfiado dos donos. Já os cachorros estão felizes da vida, abanando o rabo, o sorriso deles. Gostam de companhia e sempre fazem cara de muxoxo quando vão passar uma tarde a sós. Acabou isso. Estão adorando essa pandemia, esse mimo o dia todo. Os peixes não estão nem ai, nem sentiram a chegada do coronavírus e continuam na deles. Pombos de rua continuam nas ruas, sentiram apenas o impacto da falta de farelo de pão nas portas dos bares. Os ratos, na mesma situação. O lixo dos restaurantes, prato cheio da madrugada, mirraram. Os pardais, ah os pardais são os pardais. Não se apertam. Se pudesse fazer uma escolha, queria eu ser um gato como este que fotografei em Gonçalves, lá em Minas Gerais. 

[foto Alberto Villas]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s