O SOL DO FIM DE SEMANA

Enquanto isso, mais de mil mortos pelo coronavírus por dia no Brasil

A vacinação, em conta gotas

Estudos de como enfrentar o monstro

Pega! Pega! Pega!

Além dos Estados Unidos, era um continente contra o socialista Salvador Allende

São fotos assim que dão um refresco ao jornal tão cheio de notícias ruins

Estão percebendo que o Centrão está colocando as manguinhas de fora e assumindo as decisões, não é mesmo?

E quando acabar a poupança?

Os moradores, que alegam não terem sido ouvidos, foram pra ruas protestar porque o valor inicial era muito maior

Na foto em destaque na primeira página, o sol enquadrado

Sintomas leves em 0.05% , temos dúvidas se merecia manchete principal

Afeta compra de remédios, afeta tudo

Um mosaico de idosos sendo vacinados e registrando para a posteridade

Zélia Duncan, com dois novos discos, sempre presente

A chamada grande imprensa, com o rabo entre as pernas, enquanto a Carta Capital estampa o escândalo da Lava-Jato em sua capa

Veja dá uma segunda chance ao governo Bolsonaro

O colunista do jornal O Globo já tem o seu candidato para 2022

A poetisa e ativista americana Amando Gorman na capa da Time

A revolução na economia é o assunto de capa da inglesa The Economist

Lou Reed na capa da italiana Linus de fevereiro, na nossa opinião a melhor revista de quadrinhos do mundo

NOTA 10

Para o Padre Júlio Lancellotti, ontem pela manhã, ao vivo, no Encontro com Fátima Bernardes. Deveria estar no Jornal Nacional.

Para ouvir, acesse o site da revista Piauí

Estamos descobrindo o som de Lulina & Hurso, Vida Amorosa que Segue Volume 1. Crônicas da vida moderna. E estamos surpresos e até um pouco perplexos com o som de Buzzy Lee, pseudônimo de Sasha Spielberg, filha de Steven.

 

As crônicas de Gabriel García Márquez reunidas em que 800 páginas é um santo remédio para esses tempos trancafiados em casa.

Gildásio Jardim Barbosa mora na cidadezinha de Padre Paraíso, em Minas Gerais, onde desenvolve um trabalho de pintura sob tecido estampado em tela. Sua inspiração são as estampas em chita usadas por sua mãe em costuras para a população do lugar. Abaixo, uma mostra de sua obra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s