O SOL DE SEGUNDA-FEIRA

Há mais de duas décadas, impactado pelo grande irmão de George Orwell, que li na juventude, lembro-me bem, vi o primeiro BBB, acho que era mesmo o primeiro, com aquela trilha do Paulo Ricardo. Não me esqueço que tinha o Kleber Bambam e sua amiga Eugênia, de pau e ferro. A cena do choro nunca me saiu da cabeça.

Achei curioso acompanhar a vida de um grupo de pessoas trancafiado dentro de uma casa, sem rádio e sem notícias das terras civilizadas. Um experimento. Já no segundo, abandonei logo na primeira semana, quando saquei que aquilo virou apenas um jogo e uma máquina de fazer dinheiro pra televisão. Nada mais.

Não somente um jogo ou uma fábrica de fazer dinheiro, uma pequena comunidade  de fofocas e intrigas, quem quer derrubar quem, quem vai trair quem, quem vai ficar com quem.

Ouvia as pessoas falando das bebedeiras nas festas, dos beijos inesperados, das brigas. Lembro-me vagamente de ouvir falar em prova de resistência, escolha do anjo, ir pro paredão, prova do líder, imunidade, edredom, essas coisas.

Lembro-me também do sucesso pós BBB de alguns, da Sabrina Sato, que venceu pela burrice, da Grazi Massafera, que venceu pelo talento, do Jean Willys, que venceu pela inteligência e luta. Tinha também um Alemão, não sei se venceu. Apenas bonitão. E uma que batia panelas.

Existem dezenas de ex-BBBs circulando por aí, pessoas que continuam se achando, crentes que todos estão sendo reconhecidos ou reconhecidas. Eu sou ex-BBB 9, disse uma vez uma morena na fila de um colégio em Ipanema, onde fui justificar o voto num dia de plantão carioca no antigo show da vida.  

Nunca mais vi um episódio, mas é impossível viver sem saber alguma coisa do BBB. As noticias, cada uma mais tola que a outra, invadem a tela do computador e quantas vezes, sem muita agilidade parar apertar o botão do controle remoto, você acaba vendo uma cena aqui, outra ali, geralmente patéticas.

Esse ano soube da participação da Karol Conká, que já conhecia um pouco do rap. Vi o tombo que levou, dos 99,17 por cento de reprovação. Respirei um pouco aliviado quando vi, na semana passada, que o BBB21 está chegando ao fim. Mas durou pouco esse alívio. Acabo de ver uma chamada no ar: Vem aí o No Limite!

Esta é uma previsão para o Planeta Terra

Mesmo com a saúde frágil, os paulistanos não quiseram saber quem era o vice de Bruno Covas, esse ilustre desconhecido que assume hoje a Prefeitura.

Aproveitar o sol, por enquanto, deveria ser só aqui

A foto bem que poderia ser um jogo: Onde está a encomenda de Wally?

A manchete principal do Estadão no seu momento Velhinha de Taubaté

Resumindo: a vida dos brasileiros está voltando ao normal! Brasileiros que não moram no Brasil!

Militares agora disparam torpedos online

Se entrar no ritmo do rock and roll. Por enquanto, estamos na new age

Não é de hoje que sabemos que a saída é a vacina. Mas isso não entra na cabeça do presidente da República.

Estava mesmo na hora de rejuvenescer a política

A foto em destaque na primeira página mostra que o distanciamento no transporte público é de mais ou menos 1 centímetro

Os alemães vão sair de férias, segundo a revista semanal de informação Der Spiegel

A britânica New Scientist pergunta: As árvores tem sentimentos?

Aliás, o suplemento cultural do diário comunista italiano Il Manifesto faz um passeio pelos anos 1970, época em que foi lançado o jornal

El Viejo Topo, revista mensal espanhola, está mirando no sol…

O Jornal Nacional de sábado, dia primeiro, informou que o Movimento dos Sem Terra forneceu 20 toneladas de alimentos aos brasileiros necessitados e ainda deu voz aos ex-presidente Lula e Dilma, para falar do Primeiro de Maio. Merece ser registrado.

No cardápio, esta semana:





Para ler, acesse gamarevista

A capa da edição de 50 anos do jornal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s