O SOL DE QUARTA-FEIRA

O presidente Bolsonaro, em mais um dia de fúria, soltou esta: “A Globo faz jornalismo porco”. O SOL encontrou na Rádio Jovem Pan, de São Paulo, elogiada quase que diariamente pelo presidente, gente fazendo um jornalismo que consideramos porco. Alguns exemplos:

O ex-jornalista e militante bolsonarista, Augusto Nunes, disse que a jornalista Laurine Santos, da TV Vanguarda, afiliada da Globo, aquela que cobrou de Bolsonaro o uso de máscara, deveria ser demitida pela emissora.

O ex-jornalista e militante bolsonarista, José Maria Andrade, disse que a manifestação de sábado contra o governo Bolsonaro, na Avenida Paulista, foi um ato de vandalismo, depredação e violência. Já os atos pró-Bolsonaro têm sido pacíficos e familiares, segundo ele. Veja o detalhe da tarja.

O ex-comentarista e militante bolsonarista, Guilherme Fiuza, reclamou das vacinas e encontrou alguém para se juntar a ele. Veja na tarja.

A ex-jogadora de vôlei e militante bolsonarista, Ana Paula Henkel, disse que a Justiça brasileira todo dia dá uma forcinha para Lula, absolvendo-o de crimes comprovados.

O presidente da Câmara inventou uma nova expressão para apagão

O protesto funcionou

O assunto agora no governo Bolsonaro é corrupção, talquei?

Estão vacinando os jovens no Estado governado por Flavio Dino

Leandro Assis e Triscila Oliveira na página A2

Baixou o espírito do Valor Econômico no Estadão

Os indígenas em pé de guerra

O vôo do tucano

A vingança é uma marca registrada no atual governo

Uma história surpreendente na capa do caderno Quarentena: portador de esquizofrenia cantando com o ex-titã Nando Reis

Ops…

A moda inverno carioca nas águas do Arpoador

Um título mineiro num jornal carioca para uma notícia paulista

A comentarista Natuza Nery estava entrevistando o ministro das Comunicações, Fabio Faria, que dizia absurdos ao vivo no Jornal das 18 Horas, na GloboNews. Ele falava, ela desmentia, ele falava, ela desmentia e o clima foi esquentando. De repente, Natuza deixou o ministro falando suas mentiras e quando ele terminou, quem apareceu na outra metade da tela foi a apresentadora Cecilia Flesch.  Natuza sequer despediu de Faria. O SOL faria o mesmo.

NOTA 10

Para a participação de Marcelo Adnet no programa Papo de Segunda, no GNT. Engraçado do início ao fim

Emocionante a cena vista na manhã de terça-feira na GloboNews. Na CPI, um minutos de silêncio em homenagem às 500 mil vítimas do coronavírus

Ao contrário do presidente negacionista, ao Google lembra que é preciso usar máscara em seu logo.

 

 

 

Um comentário em “O SOL DE QUARTA-FEIRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s