O LIVRO DO SÁBADO

Já se foi o tempo das grandes reportagens. Época em que o repórter tinha tempo para apurar, juntar os cacos e montar o mosaíco de uma grande história. Eis que de repente, em plena decadência da grande reportagem nos jornais e nas revistas, Chico Felitti nos presenteia com uma história extraordinária em forma de livro. Ricardo e Vânia, publicado pela Todavia, não é a biografia de uma figura lendária de São Paulo, o Fofão da Augusta. É sua história reconstruída, esmiuçada, completa. Ele desvenda o mistério, depois de procurar todos os detalhes com a lupa de um grande repórter. Duvido que alguém comece a ler o livro e pare. Nem pra respirar a gente para. Publicada inicialmente no Buzzfeed em forma de reportagem, Ricardo e Vânia foi revista, ampliada e completada. Recomendo.

[AV]

VEJA SÓ!

O sucesso dos feios na capa da espanhola Papel.

•••••••••••••••••••••••••

Ricos e pobres na capa da italiana Le Scienze.

•••••••••••••••••••••••••

Os quarenta anos da revolução iraniana na capa da inglesa New Statesman.

•••••••••••••••••••••••••

Andy Warhol na capa da americana The New York Review of Books.

SAÚDE!

Os leitores do jornal italiano La Repubblica ganharam hoje uma nova revista mensal – Live – focada em medicina, bem estar e alimentação. São 64 páginas com um projeto gráfico ousado e um conteúdo de tirar o fôlego. Sorte de quem vive num país onde a imprensa cresce. E não desaparece.

PRIMEIRA PÁGINA

Quem poderia imaginar que, um dia, um lindo e singelo louva-deus iria parar – e com destaque – na primeira página do jornal francês Le Monde? Foi o que aconteceu na edição datada de hoje. O louva-deus está lá, todo elegante mas, infelizmente, correndo risco. O motivo da presença dele em lugar tão nobre do jornalismo, é o fato de uma pesquisa revelar que 40% dos insetos como ele, estão correndo risco de desaparecer. A extinção dos insetos está acontecendo oito vezes mais rápida do que a dos mamíferos e aves. A pesquisa aponta que os pesticidas, as mudanças climáticas e o avanço das cidades, são os motivos principais dessa tragédia para a natureza. Você já percebeu que, na estrada, aqueles insetos que estouravam no parabrisa do carro, muitas vezes obrigando o motorista a parar num posto e jogar uma água, já não existem mais?

[AV]