ERRAMOS

A Folha de S.Paulo abre espaço para publicar fatos referentes aos 50 anos do ano de 1968 (aquele que não terminou), noticiados como se fossem fatos atuais. Uma boa ideia. Na página publicada nesta quarta-feira, uma boa reportagem mostra a morte do estudante Edson Luiz, aquele que virou um símbolo de 1968. Observa-se no entanto que a manchete de hoje – “PM mata estudante em confronto no Rio” – é bem mais realista que a manchete publicada há 50 anos: “Estudante morto em choque no Rio”.

[fotos Reprodução]

MORTE ANUNCIADA

Mais uma revista que se vai. A inglesa NME, bíblia da música, criada em 1966, no auge dos Beatles, deixa de circular em papel. O anúncio foi feito para tristeza de milhares e milhares de leitores que mergulharam de cabeça no mundo pop durante todos esses anos. Uma tristeza.

[foto/NME número 1/Reprodução]