O SOL DE QUARTA-FEIRA

Todos sabem das falcatruas do clã Bolsonaro, mas a Justiça parece ser cega

Uma mulher negra brilha num painel no centro de São Paulo

Na foto em destaque na primeira página, os presidentes da China, do Brasil, dos Estados Unidos e da França falam online na ONU

A manchete do Estadão é mais honesta do que a da Folha

Mais da metade da população de Manaus foi contaminada

Jair Bolsonaro é apenas um retrato na parede da ONU. E como dói.

Ao invés do Brasil decolar, são os investidores que estão decolando daqui

Na foto em destaque na primeira página, a Rua Jardim Botânico, no Rio de Setembro

Chico Caruso desenhou

DEU NO GLOBO:

••••••••••

••••••••••

••••••••••

Muito estranha a reportagem sobre a premiação do EMMY apresentada em todos os telejornais da Globo e da GloboNews, neste ano em que a emissora dos Marinho não ganhou nenhum prêmio. A reportagem começa mostrando as duas reportagens da Globo que concorreram (Síria e ALERJ), descrevendo em detalhes cada uma, para em seguida dizer quem ganhou. Como se não bastasse, mostrou imagens de arquivo lembrando o ano em que o Jornal Nacional venceu, inclusive com imagem do apresentador William Bonner segurando o caneco. Para o telespectador não muito atendo (e que são muitos), ficou a impressão de que a Globo foi a grande vencedora deste ano. Só percebeu que eram imagens de arquivo, quem notou nos cabelos bem mais pretos do Bonner.

O terceiro episódio de Amor e Sorte, com Fabíula Nascimento e Emílio Dantas. Simples, divertido, romântico, caseiro. Vale a pena ver de novo no Globoplay.

••••••••••

••••••••••

 

 

O SOL DE TERÇA-FEIRA

Inflação da Covid: um novo vírus na praça

Neste governo, a gente nunca sabe se nega mesmo, ou se ficou com medo da repercussão

Heleno mente sobre o que estrangeiro pensa da Amazônia

Na foto (de Edilson Rodrigues) em destaque na primeira página, senadores agora votam sem descer do carro.

Black lives matter

Enquanto o Pantanal arde em chamas, um tal de general Heleno diz que é manipulação de informações

O Brasil é mesmo incrível

Na ilustração em destaque na primeira página, o mapa da tragédia

O atraso da ciência

É o mínimo que se pode fazer com um prefeito como Marcelo Crivella

Paulo Marinho e Flavio Bolsonaro, ex-muy amigos, no traço de Chico Caruso, na primeira página

Na foto da primeira página, objetos da umbanda e do candomblé que estavam presos no Dops, foram libertados e já estão no Museu da República

••••••••••

••••••••••

••••••••••

PARA LER:

https://gamarevista.com.br/semana/?utm_medium=Email&utm_source=NLSemana&utm_campaign=SemanaGama

••••••••••

A morte do ator francês Michael Lonsdale aos 96 anos, na capa do Libération

É curioso a TV Cultura afirmar que o programa Roda Viva está homenageando os 70 anos da televisão, entrevistando ícones da telinha. Ana Maria Braga é mesmo um ícone e isso há décadas. Acontece que a apresentadora Vera Magalhães e a bancada composta por Paulo Sampaio, do Portal UOL, Renata Simões, da TV Cultura, Fefito, do UOL e da TV Gazeta, Ana Lúcia Ribeiro, da TV Democracia e Janaina Nuns, da Record TV, focaram quase que exclusivamente na vida pessoal da apresentadora do Mais Você. Perguntaram sobre religião, namoro, assédio moral, o que ela não gosta de comer, fofoca, fake news, mas sobre os 70 anos da televisão, praticamente nada.

O SBT afiou o facão e vai começar um corte brutal em seu quadro de funcionários. O primeiro da lista foi anunciado nesta segunda-feira (21); Roberto Cabrini, há onze anos na casa apresentando o Conexão Repórter. Cabrini sempre teve um índice de audiência razoavelmente bom, mas não trazia publicidade. Como Silvio Santos está com um olho na audiência e outro no dinheiro, resolveu demitir Cabrini, um dos mais altos salários do capenga e instável Departamento de Jornalismo.

O Programa Papo de Mãe, conduzido pelas jornalistas Mariana Kotscho e Roberta Manreza, inicialmente na TV Brasil e depois na TV Cultura, acaba de completar onze anos no ar. Um feito. O simpático Papo de Mãe já abordou centenas de assuntos, todos de interesse dos pais. Com o novo normal, certamente vai ter renovada sua pauta. Tem muita coisa para ser discutida e o Papo de Mãe faz com seriedade e criatividade.

••••••••••

••••••••••

••••••••••

••••••••••

 

 

 

O SOL DE SEGUNDA-FEIRA

Aos poucos, o retrato do Brasil de Bolsonaro vai sendo revelado

Difícil apontar quem é o pior ministro do governo, mas Dalmares é uma forte concorrente

Esta é a única notícia que encontramos sobre a pandemia nas primeiras páginas dos principais jornais do país

Na imagem em destaque na primeira página, a fotógrafa Mathilde Missioneiro registra flagrantes de São Paulo durante a pandemia. Até exposição drive-thru ela encontrou.

Celso Russomano está em primeiro e Covas em segundo. (Veja mais abaixo)

O novo normal não vai ser tão fácil assim

Amanhã será uma espécie de Primeiro de Abril na ONU. E o Brasil se preparando para passar mais um vexame.

Verde que não te quero verde, A foto em destaque na primeira página (de Tiago Queiroz), mostra mais uma obra frustrada da Prefeitura de São Paulo.

É nessas horas que a gente se lembra: “É só tirar o PT que acaba a corrupção”

E ainda querem amenizar a pena para os corruptos

Em plena pandemia, cai a máscara de Bretas e Dallagnol

Não deu praia. A bela foto na primeira página é de Antônio Scorza

O rapper Emicida está só crescendo e aparecendo. Lançando livro infantil novo, ele vai deixando de ser unicamente um rappper.

••••••••••

••••••••••

DEU NO ESTADÃO DE ONTEM:

As aulas estão voltando (Época) e o Pantanal acabando (Isto É)

A morte da jornalista Rossana Rossanda, fundadora do diário comunista italiano Il Manifesto, aos 96 anos de idade

O jornal La Repubblica dedicou, além de uma chamada na primeira página (acima), três páginas a dama da esquerda

As receitas apresentadas por Raiza Costa no programa Rainha da Cocada (GNT) – como um ratinho de trufas ao chocolate – nem são assim os pontos fortes do programa. Mas a produção e o visual do programa merecem ser mostrados em escolas de Jornalismo. Nota 10.

Quem são esses dois à direita? Ariel Palácios e seu irmão gêmeo?

••••••••••

••••••••••

••••••••••

••••••••••

 

 

 

O SOL DE SEXTA

 

Sim, é real a desaceleração, mas não podemos nos esquecer dos quase mil mortos todos os dias

O advogado Cristiano Zanin diz o que pode haver por detrás das investigações contra ele

Na foto em destaque na primeira página, uma tragédia em cima da outra

A trágica morte do indigenista Rieli Franciscato (nossa capa)

Habemus Fux na presidência do STF. Não podemos nos esquecer daquela famosa frase: “In Fux we trust”

Era mais simples pensar em uma volta menos traumática em 2021, não é mesmo?

“Em público, Trump minimiza a pandemia”. De quem o Estadão está falando?

Na capa do caderno Quarentena, uma pesquisa mostra que a meninada está lendo mais. E os adultos, menos.

O dragão da inflação chegou e o governo Bolsonaro joga pedras nele

O vai-e-vem da volta às aulas continua

Na foto em destaque na primeira página, a surfista Maya Gabeira superstar

Os colombianos vão às ruas contra a violência policial

……….

……….

Na capa da Time, os Estados Unidos chegando ao número de 200 mil mortos pelo coronavírus. Na Economia, qual é o futuro do trabalho no mundo pós-pandemia?

Matéria na Il Venerdì mostra a briga da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola. A revista italiana chama da igreja do bispo Macedo de “empresa multinacional”

O jornal italiano La Repubblica informa a seus leitores que eles receberão, de graça, dois livros de Umberto Eco: O Fascismo Eterno e Migração e Intolerância.

……….

……….

……….

A Califórnia e os seus 50 tons de cinza

[foto Justin Sullivan]

……….

CAIU NA REDE:

……….

 

 

 

PINTOU O SOL DE QUINTA!

O dragão da maldade contra o governo perdido

Quando os jornais preferem chamar Cristiano Zanin de “advogado de Lula”, mesmo sabendo que o ex-presidente não tem nada a ver com esta história

Tal criador, tal criatura. Um lá e outro aqui.

Na foto em destaque na primeira página, o setembro laranja na Califórnia

A pergunta é: quem segura os supermercados em tempos de inflação?

O Globo foi mais honesto em dizer “advogados”

O Planeta Terra em expectativa e no compasso de espera

A foto em destaque na primeira página é também o setembro laranja em San Francisco

Nenhuma saudade do Sarney, não é minha filha?

É sempre assim: na última linha, “o clube não se manifestou”. Nem vai se manifestar.

Quando o ex-presidente Lula vai para uma manchete no Estadão

……….

……….

VEJA SÓ: 

O advogado de Lula está no título e o advogado que sempre esteve ligado a família Bolsonaro, o “anjo” que acobertou e escondeu Fabrício Queiroz, o das rachadinhas, aparece na última linha.

……….

……….

……….

……….

……….

………

……….

……….

PINTOU O SOL DE QUARTA!

E agora? Até a esperança está morrendo

Ao invés de comer arroz com feijão preto, o brasileiro vai comer du riz aux harricots noir

Nem parece uma Igreja!

Na foto em destaque na primeira página, dona Guiomar de Lima, 83 anos, a última paciente do hospital de campanha do Anhembi, em São Paulo

Trata-se de um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico

O sinal vermelho parou o mundo

A foto em destaque na primeira página é linda, mas a história é triste

O ensaio fotográfico é de Lalo de Almeida

O auxílio emergencial dá para comprar 7 quilos de arroz. E só.

A pausa nos testes foi um balde de água fria

Com o fim dos hospitais de campanha, os leitos de UTI dos hospitais públicos voltam a aumentar. Foto em destaque na primeira página.

……….

………..

……….

……….

A volta do coronavírus na Espanha é manchete principal do jornal francês Le Monde

Deu no site do Guardian: placas definitivas nas ruas de Londres

DEPOIMENTO

Há 9 anos, quando Silvio Santos me convidou para dirigir o Departamento de Jornalismo do SBT, ele me deu carta-branca até eu assinar o contrato. No primeiro dia de trabalho, soube que ele tinha contratado “uma jornalista da Paraíba que acabou com o Carnaval nas redes sociais”. Eu, que já vinha conversando com o repórter Rodrigo Alvares, então na TV Globo, para apresentar o principal jornal da casa, tive a surpresa de saber que quem iria apresentar era Rachel Sherazade, a jornalista da Paraíba. Não podia voltar atrás e tentei colocar Rachel de maneira digna na bancada do SBT Brasil. Ela tinha carta-branca de verdade do Silvio para fazer comentários e a encrenca começou no dia em que vetei uma comentário racista dela, dizendo que Neymar deveria deixar essa bobagem de ficar aparecendo a cada jogo com um tipo de cabelo e ser como o Kaká, “penteadinho e limpinho”. Algum tempo depois, eu já fora do SBT, soube que o Silvio proibiu Rachel de fazer comentários. E agora veio a demissão. Silvio Santos funciona assim, o SBT funciona assim. Uma coisa meio sem pé nem cabeça.   [Alberto Villas]

……….

……….

Shaver Lake, Flórida, 8 de setembro de 2020

[foto Getty Images]

……….

……….