OUTRAS NOTÍCIAS

Leitura Recomendada

O Brasil em ruínas, por Eric Nepomuceno.

Jornal Página 12, Argentina

https://www.pagina12.com.ar/156411-destrozar-las-ruinas-de-un-pais-arruinado

•••••

A elegância da capa da revista britânica The Modernist

•••••

Deu no New York Times!

•••••

Pesquisa realizada pelo jornal argentino El Clarín, mostra que, apesar de toda a evolução tecnológica, os jovens argentinos estão lendo cada vez mais. Livros em papel.

•••••

A revista alemã Der Spiegel publicou esta foto do Real Gabinete Português de Leitura, no Rio de Janeiro, e perguntou: Que livro estaria procurando Jefferson Deodato da Silva?

[foto AFP]

 

 

 

BIBLIOTECAS

Os amantes dos livros estão em festa. No Sesc Paulista, a exposição Bibliotecas à Noite, é um dos eventos mais espetaculares que a cidade de São Paulo já teve nos últimos anos. Mostra, em realidade virtual, o universo de oito grandes bibliotecas do mundo. Uma viagem que dura quase uma hora pelas  bibliotecas da Abadia de Admont, na Áustria, pelo Templo de Base-dera, no Japão, a Biblioteca Vasconcelos, no México, a Biblioteca Real, na Dinamarca, a Biblioteca do Parlamento, em Ottawa, a Biblioteca Nacional e Universitária, da Bósnia e Herzegovina, a Biblioteca Saint Geneviève, da França e a Biblioteca de Nautilus, de 20 mil léguas submarinas. A entrada é gratuita, mas é preciso agendar, porque o número de visitantes por vez é reduzido. Na Biblioteca do Sesc, o livro A Biblioteca, de James Campbell – que inspirou a exposição – está disponível para consulta e na lojinha, está à venda. Aproveitando a onda, lembro que o livro Livrarias, de Jorge Carrión, publicado pela Bazar do Tempo, é uma outra viagem fascinante pelo mundo dos livros.

OUTRAS NOTÍCIAS

Enquanto no Reino Unido, o McDonalds está dando de brinde cenouras para você deixar no dia de Natal para as renas de Papai Noel, por aqui, o novo governo de extrema-direita eleito, está pensando em eliminar-las.

•••••

Fora das bancas desde 2015, a revista gay francesa Têtu volta ao mercado à partir de amanhã, prometendo ser, além de uma revista, um movimento em favor da causa LGBT.

•••••

Leda e o Cisne, mais um afresco que surge das cinzas de Pompéia

[foto Cesare Abbate]

•••••

Anúncio do governo de Angola. Inveja.

•••••

Um jovem tenta escalar um muro em Tijuana, fronteira do México com os Estados Unidos, em busca de dias melhores.

[foto Reuters]

 

OUTRAS NOTÍCIAS

No editorial do jornal Libération dessa segunda-feira, o assunto é a cultura no Brasil. Só estamos passando vergonha. Uma atrás da outra.

•••••

A Odebrecht, quem diria, foi parar na capa da principal revista semanal de informação do Peru.

•••••

Anúncio publicado no jornal italiano La Repubblica.

•••••

Sempre digo que pauta boa, sempre existe. Na capa da revista espanhola Papel, os livros mais livros pelos presos no país. Um dos livros é El Alquimista, de Paulo Coelho.

•••••

A arte de fazer capa de revista. A New York Times Magazine e a Elle holandesa.

 

CAVALOS

Durante o seu mandato de presidente da República, o general João Batista Figueiredo, o último do regime militar, falou muita besteira. Duas dessas besteiras acabaram entrando para a história. E m 1978, assim que foi escolhido para ser o novo presidente, quiseram popularizar o seu nome, chamando-o de “João do Povo”. Ele não se identificou muito com o apelido e disse: “Prefiro o cheiro de cavalo, ao cheiro do povo”. No mesmo ano de 1978, no dia 15 de outubro, ao ser perguntado pela abertura política iniciada pelo seu antecessor, Ernesto Geisel, Figueiredo soltou essa: “É para abrir mesmo, e quem quiser que não abra, eu prendo e arrebento”. Figueiredo, segundo Millôr Fernandes, era realmente um presidente “horse concours“. Quarenta anos depois, nós temos um presidente de extrema-direita eleito que, perto dele, Figueiredo seria um lorde inglês. Antes mesmo de tomar posse, já disse pelo menos uma dúzia de bobagens, dessas de deixar até o cavalo do Figueiredo envergonhado. Preparem-se porque a estupidez do futuro presidente não tem limite. Vai nos fazer rir muito. Ou chorar.

[foto Reprodução]